Close

Como age o Botox e quando deve ser aplicado?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A medicina estética vem evoluindo ao longo dos anos. Até há algum tempo, a procura do corpo perfeito limitava-se a dietas da moda e cremes com promessas e resultados duvidosos, além de aparelhos sem eficácia determinada. Com o decorrer dos anos, as técnicas vêm sendo pesquisadas exaustivamente e modernizadas, proporcionando às pessoas o tão desejado resultado. Um exemplo de técnica moderna bastante utilizada ultimamente é o Botox. Ele age sobre a musculatura para alcançar o seu efeito. Este medicamento deve ser injetado na pele para que penetre e bloqueie a liberação de acetilcolina (substância responsável pela contração muscular) fazendo, assim, o relaxamento das estruturas da face, possibilitando ao rosto uma aparência rejuvenescida e mais agradável.

A Toxina Botulínica (BOTOX®) é usada para corrigir as marcas de expressão. As rugas da testa, o sulco entre as sobrancelhas e os famosos “pés-de-galinha” podem ser beneficiados com o método. Outros exemplos de pessoas que são beneficiadas com a toxina são as vítimas de dores lombares ou cervicais crônicas. O tratamento é praticamente indolor.

Homens e mulheres de todas as classes sociais tem aderido ao uso deste recurso. Pessoas que trabalham com o público, vendedores, comerciantes, professores, profissionais liberais, entre tantos outros públicos. A tão falada “boa aparência” já deixou de ser “vaidade” e passou a ser “necessidade” para o mercado de trabalho.

Não existe idade certa para aplicação de BOTOX® , mas existem pessoas que apresentam, desde a adolescência, tendência a formar muitas marcas de expressão quando sorriem ou falam. Juntamente com outros fatores, esta ação contínua sobre a pele pode formar marcas definitivas: as rugas.

As aplicações de botox necessitam de uma periodicidade que podem variar de 3 a 6 meses. Contudo, o tempo de duração depende da qualidade da pele do paciente, da idade, da dose aplicada e do planejamento do médico. O tratamento com a toxina pode reduzir e, inclusive, retardar ou evitar intervenções cirúrgicas futuras.

admin

admin

Quem somos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Facebook